Como escolher o tratamento ideal para cabelos cacheados em 3 passos

A naturalidade está na moda. 

De fato, assumir quem somos em sua totalidade marca o ponto onde nossa individualidade nos torna únicos em meio de um mundo genérico. Ser original em atitudes, pensamentos é o grande desafio para quem deseja despontar em sua vida pessoal e profissional.

Quem já não coloriu, ou cortou seus cabelos a fim de dar um ar diferente na aparência? Neste movimento, muitas mulheres optaram por assumir seus cabelos cacheados, no intuito de reforçar sua identidade visual. 

A indústria observou este movimento, e inúmeros produtos surgiram para tratar deste tipo de cabelo em particular. Os fios que compõe os tipos de cabelos são diferentes entre si e, no caso dos cacheados, eles são mais volumosos e mais definidos que os ondulados. Por causa disso, a oleosidade do couro cabeludo tem mais dificuldade em chegar às pontas, o que torna os cachos mais ressecados e mais suscetíveis ao frizz, por exemplo. Por isso, os cabelos cacheados precisam de um cuidado maior na sua hidratação, nutrição e reconstrução dos fios.

Em 2017, dados levantados pelo Google destacou o aumento de 232% nas buscas do Google pelo assunto “cabelo cacheado”, superando pela primeira vez pesquisas por “cabelo liso”. Estavam aí os primeiros sinais de uma tendência que só cresce no país e no mundo. Foi constatado um aumento das buscas por cabelo afro de 309% nos últimos anos. 

Como podemos perceber, cada vez mais as mulheres têm aceito quem são, e com isso, buscado meios para tratar e manter sua saúde e aparência saudáveis. Uma parte fundamental nesse processo é aceitar a forma natural dos cabelos.

A partir disso, assumindo os cachos e deixando para trás as químicas de alisamento, o que se busca são os melhores tratamentos para os cabelos cacheados, de modo a torná-los hidratados, bonitos e saudáveis.

E é isso o que veremos a seguir.

1. Descubra o seu tipo de cachos e suas particularidades

É interessante notar que nem todos os cabelos cacheados são iguais. É por isso que, antes de optar por um tratamento específico, você deve identificar qual é o tipo de curvatura que seus cachos apresentam.

Os cabelos, de forma geral, são classificados de tal modo que as diferentes formas são designadas com uma letra e um número, respectivamente. Assim, os cabelos finos recebem a designação 1, e dentro dessa classificação eles podem ser do tipo “A” para os fios mais finos, “B” para os mais grossos e “C” se apresentarem pequenas ondas nas pontas.

Seguindo essa nomenclatura, o número 2 é composto pelos cabelos ondulados, o número 3 são os cabelos cacheados e, finalmente, o número 4 designa os cabelos crespos.

Em nosso caso, o que nos interessa no momento são os subtipos de cabelos cacheados. Eles podem ser, portanto, classificados como 3A, 3B ou 3C

Os cabelos do tipo 3A possuem cachos mais abertos, maior volume e mais definidos quando comparados aos ondulados. Ele apresenta uma maior oleosidade dentre os subtipos de cabelos cacheados.

Os cabelos do tipo 3B apresentam uma ondulação maior na raiz, e seus cachos são mais definidos nas pontas. Este subtipo possui uma tendência maior em formar os temidos frizz e necessitam de mais hidratação, pois são menos oleosos que os do tipo 3A. 

Finalmente, os cabelos cacheados do tipo 3C são os mais fechados, resultando numa aparência mais fechadas que os anteriores. Por causa disso, o cabelo parece menor por causa da formação dos caracóis. Sua forma tende a deixar os cabelos mais ressecados.

Como você pode observar, é essencial conhecer bem o seu cabelo para escolher o tratamento ideal para ele. 

Como vimos anteriormente, uma das características dos cabelos cacheados é seu aspecto mais ressecado, já que seu formato dificulta a chegada da oleosidade produzida no couro cabeludo às pontas dos fios. Além disso, dependendo dos tipos de cachos que seu cabelo apresenta, desembaraçá-los pode exigir um pouco mais de trabalho que o habitual.

Uma vez identificado o melhor tratamento para seu cabelo, de acordo com a curvatura que ele possui, você obterá um aspecto mais natural e saudável, realçando a beleza natural dos fios.

Somando a isso, quais os principais cuidados que devem ser observados por quem possui cabelos cacheados?

2. Conheça os principais cuidados com cabelos cacheados

Um cabelo cacheado, bonito e bem tratado é fruto de um cuidado adequado às suas características únicas. Dessa forma, uma vez conhecendo as particularidades dos cabelos cacheados, e como eles necessitam de uma atenção especial no aspecto da hidratação, os cuidados fundamentais começam na lavagem.

É preciso estar atento aos produtos que serão usados, o processo de aplicação e a maneira como os cachos serão penteados e finalizados.

Pré Poo

O cuidado começa antes mesmo de começar a lavar os cabelos. Por isso, para diminuir o impacto do ressecamento que alguns shampoos podem causar, devido à presença de sulfato na sua composição, esta técnica tem sido cada vez mais usada.

Além da ação protetora sobre os fios, esse processo ajuda a nutrir os cabelos. Essa preparação forma uma película protetora sobre os fios, impedindo que a oleosidade natural seja eliminada juntamente com as impurezas. 

Ela pode ser empregada três vezes por semana, e existem três versões – creme, co-wash e óleo — que são utilizadas como uma preparação antes da lavagem.

Temperatura da água

Este é um ponto que merece bastante atenção. Não é raro encontrar quem prefira um banho quente, principalmente no inverno. Some isso a um tempo mais demorado debaixo do chuveiro, e os danos ao couro cabeludo podem aparecer.

A temperatura elevada da água aumenta a produção da glândula sebácea, causando oleosidade e favorecendo a proliferação de fungos causadores da caspa. Além disso, dermatites podem aparecer como fruto do ressecamento da pele, causada pelo longo tempo no chuveiro. 

A temperatura ideal, para preservar os cabelos cacheados é entre morna ou fria.

Aplicação do shampoo

Para lavar, aplique um pouco de shampoo apenas na raiz, e então comece a massagear suavemente o couro cabeludo com movimentos circulares. Ele deve ser aplicado apenas no couro cabeludo, e a massagem feita durante a aplicação tem o objetivo de ativar a circulação sanguínea local, promovendo a boa higienização e um melhor crescimento dos fios.

Uma vez aplicado na base, você deve conduzir a espuma pelos fios até as pontas.

Hidratação dos fios

A maioria das pessoas usa o condicionador logo após a aplicação do shampoo. No entanto, o correto é fazer o processo de hidratação antes de usar o condicionador. Basicamente, o shampoo age limpando a sujeira presente nos fios e no couro cabeludo. Além disso, ele prepara o cabelo para receber o tratamento adequado que necessitam, ao abrir as escamas dos fios.

Uma vez que o shampoo tenha sido aplicado, este é o momento ideal para receber uma máscara hidratante de sua preferência. Após aplicar em todo o cabelo cacheado, é importante deixar o produto agir por alguns minutos e então enxaguar com bastante água.

Aplicação do condicionador

Uma vez que os cabelos estão limpos e hidratados, chegou a vez do condicionador entrar em cena. Seu papel principal é selar as escamas abertas dos fios, dar brilho e auxiliar no processo de desembaraçar os cachos. 

Espalhe o produto nas palmas das mãos e passe no sentido do comprimento para as pontas. Lembre-se de massagear os cabelos suavemente. Depois, basta deixar agir por alguns minutos e então enxaguar.

Secagem

É importante dar atenção ao processo de secar os cabelos, independente se você está fazendo uma escova ou dando um retoque com suas mãos. Assim como a água quente pode danificar os fios, o mesmo é válido para o uso em excesso do secador. 

A umidade também influencia na hora de secar – se você usar o secador em um ambiente úmido, irá favorecer o aparecimento do frizz

Os cabelos cacheados demandam uma maior atenção na hora de secar, por causa do formato delicado dos fios. Evite secar os cabelos ao sair do banho, dando preferência para o uso da toalha e, após alguns minutos, então usar o secador. Isso ajuda a cuidar do volume dos cabelos. 

Caso você queria proteger ainda mais seus fios, pode usar um protetor térmico – inclusive se for fazer chapinha.

Ao escolher o secador, opte pelos modelos com uma potência maior, indicados para cabelos mais volumosos. 

Cachos desembaraçados

Ao pentear cabelos cacheados, é importante realizar o processo da maneira correta, a fim de evitar a quebra dos fios. Este tipo de cabelo é mais difícil de pentear que os cabelos lisos, por exemplo.

Você deve evitar pentear com os cabelos secos, pois as curvas dos cachos serão alteradas, além de facilitar a quebra dos fios. Procure usar um pente ou uma escova de madeira com dentes largos – os que possuem dentes finos facilitam a quebra dos fios e a formação do frizz. 

Comece pelas pontas e deixe a raiz para o final. Se quiser, use um creme para pentear ou um leave-in na finalização. Você pode também desembaraçar enquanto ainda está no chuveiro. Neste caso, aproveite o tempo de espera do efeito da hidratação ou do condicionador. 

Além de ajudar na penetração dos produtos, vai ficar muito mais fácil pentear depois do banho.

Procure usar os cremes certos para seu tipo de cabelo – isso fará toda a diferença.

3. Mantenha os fios saudáveis e sempre hidratados

Além dos cuidados com a lavagem dos cabelos cacheados, é importante fazer hidratações periódicas seguindo um cronograma capilar. O processo pode ser dividido em três etapas: hidratação, nutrição e reconstrução.

  • Hidratação:  você pode hidratar os cabelos sempre que quiser, ou quando detectar a necessidade de repor os nutrientes que são perdidos no dia a dia. Essa perda de nutrientes acontece, por exemplo, na exposição à poluição diária, ou ainda com as constantes descolorações que você pode estar realizando de tempos em tempos;
  • Nutrição: ela pode ser feita por meio do uso de máscaras, umectação com óleos de origem vegetal ou umectação noturna. A nutrição rotineira ajuda a devolver a oleosidade natural do cabelo através da reposição de lipídios aos fios;
  • Reconstrução: esta etapa do processo deve ser realizada em menor frequência, quando comparada com as anteriores. Ela é usada, basicamente, para repor a queratina do cabelo, devolvendo maciez e brilho.

Saiba que, dentro dessas três etapas, não existe uma regra. Tudo vai depender do seu tipo de cacho e do que ele está precisando no momento. Suas demandas mudam de tempos em tempos, e um especialista irá ajudar você a determinar qual o processo que mais dará resultado aos seus cabelos. Aliás, nem sempre você precisará passar pelas três etapas – em alguns casos, a aplicação de uma ou duas delas irá devolver o brilho e a maciez que você está buscando.

Não existe uma maneira única de cuidar de cabelos cacheados. O que funciona para uma pessoa, pode não funcionar para você. Por isso, é tão importante conhecer o seu cabelo e todas as características dos seus cachos.

Uma última dica, e não menos importante: você pode contar com a ajuda do Belezap. Com este aplicativo em mãos, você não precisa mais ir até um salão para cuidar dos seus cabelos cacheados. Tudo é feito pelo celular, desde o agendamento até o pagamento. 

Baixe o app e seja atendida(o) onde e quando quiser!